VIII ENCONTRO DOS PILOTOS DO SUL DA EUROPA (SEP)
Esta reunião foi inicialmente criada com o intuito de discutir os problemas da Pilotagem a nível dos países Latinos (incluindo os Gregos), dada as similaridades comportamentais, em contraponto com os países do Norte da Europa.
Este ano estiveram representados os Pilotos da Bulgária, Eslovénia, Espanha, Grécia, Itália, Malta, Portugal, e Ucrânia; foram convidados para estarem presentes os Presiden-tes da IMPA e da EMPA, bem como o Secretário-Geral da EMPA.
A sessão de abertura contou com a presença do Director Executivo da Administração Marítima Búlgara, do Presidente da Câmara de Comércio Marítimo e do Director Executivo do Porto de Varna.
Todos eles, nas suas intervenções, manifestaram o seu apreço para com os Pilotos, realçando o seu profissionalismo e o relacionamento franco e aberto para com a comunidade portuária, quer a nível profissional, quer a nível pessoal.
A IMPA, na pessoa do seu Presidente, relatou a sua posição como membro do grupo de “advisers” da IMO que, aliado à proximidade das instalações – a bordo do HQS “Wellington" –, a torna num interlocutor privilegiado, estando neste momento a ser leva-do a cabo um estudo sobre a Fadiga do Piloto, para posteriormente se produzir uma Resolução.
A EMPA, na pessoa do seu Secretário-Geral, relatou os trâmites que estão a ser feitos, junto da UE, a fim de contestar a pretensão dos operadores portuários em isentarem do Acto de Pilotagem, todos os navios afectos ao Transporte Marítimo de Curta Distância (SSS). Só que este tipo de tráfego só define a área de navegação e não as dimensões dos navios.
Dado as leis nacionais estarem a exigir um seguro mais elevado no âmbito da Responsabilidade Civil do Piloto, a EMPA está a solicitar a todos os seus associados que transmitam a legislação nacional desta matéria, nos seus respectivos países.  
Foi também apresentado o resultado de Campanha de Segurança de 2007, sendo de salientar o decréscimo de não conformidades ao longo dos anos em que se tem vindo a desenvolver esta Campanha.
A IMPA tem um documento pendente na IMO (MSC82/21/17) que está de momento no Subcomité da Segurança de Navegação (NAV) para acertar as últimas alterações ao arranjo da escada de piloto. Contudo, a aprovação deste documento terá que aguardar que a nova versão da SOLAS seja aprovada e adoptada.




© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA