TCL SUPORTA UM QUARTO DA FACTURA GLOBAL PAGA ÀS ADMINISTRAÇÕES PORTUÁRIAS NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 20


Os números são esclarecedores quanto à fatia paga pelo Terminal de Contentores de Leixões (TCL) à APDL pela concessão do terminal de contentores de Leixões: com uma factura de 8,87 milhões de euros entre Janeiro e Junho de 2015, o TCL suporta, nada mais nada menos, que um quarto das rendas das concessões portuárias, se tivermos em conta que, no global, foram pagos 36 milhões de euros às respectivas administrações portuários pelas operadoras neste primeiro semestre.

Os números fazem parte do mais recente relatório da Unidade Técnica de Acompanhamento de Projectos (UTAP) e as previsões dizem que deverão ser atingidos os 16,6 milhões de euros, montante com que será pago pelo TCL à APDL durante todo o ano de 2015. Como refere o TCL no seu site oficial, "O encargo é grande, sem dúvida, e é também a medida do sucesso da concessão do TCL, uma vez que a componente variável das rendas reflecte o nível da actividade do terminal".

O TCL sublinha ainda que "encara com naturalidade essa obrigação contratual", referindo que espera que as rendas pagas sejam "empregues exclusivamente na melhoria das condições de operacionalidade do Porto de Leixões. Para bem do porto, da região que serve e do País".

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA