Portos dos Açores com record de escalas de cruzeiros em Fevereiro
A visita do Oceana a Ponta Delgada, prevista para hoje, dia 27 de fevereiro, será a décima terceira escala de cruzeiros nos portos açorianos durante o corrente mês de fevereiro. Este número aponta para um novo record, quer de escalas, quer de passageiros que nos visitam, o que ganha mais ênfase se considerarmos que se trata de uma época que tradicionalmente gera menos movimento de navios de cruzeiro nos Açores. Em período homólogo de 2012, foi atingido o melhor registo de sempre com 7 escalas e 6376 passageiros. Desta feita, recebemos mais 6 escalas e um acréscimo de 3174 passageiros, equivalendo assim a uma assinalável subida de 85,7% no número de navios que nos visitaram e 49,7% no de passageiros. Ponta Delgada com 5 escalas, Horta com 4, Praia da Vitória com 3 e Vila do Porto com uma, foram os portos que registaram visitas de navios de cruzeiro durante o presente mês.

Proveniente de Bridgetown, na ilha de Barbados, o navio de cruzeiros Oceana realiza a sua quarta escala de 2015 nos Açores, escala essa prevista no itinerário de 24 noites designado Caribbean & Azores. Com 1916 passageiros a bordo, maioria dos quais britânicos, é aguardado amanhã no Terminal de Cruzeiros das Portas do Mar cerca das 09:00 horas e estima-se que aí permaneça até às 17:00 horas, altura em que resume a viagem com destino a Southampton.

Construído nos estaleiros Fincantieri, em Monfalcone, Itália, foi o último navio de uma série de encomendas para a Princess Cruises, depois do Sun Princess, Dawn Princess e Sea Princess. Foi inaugurado em Fevereiro de 2000, como Ocean Princess, para operar nas Caraíbas e Alasca. Dois anos mais tarde, foi transferido para a P&O Cruises e batizado com a atual designação. Passou a operar no mercado britânico, tendo Southampton como o seu porto base de operações, situação que, acrescente-se, ainda hoje se mantem.
Como principais características, salientamos os seus 261 metros de comprimento, 32 metros de boca, 7,9 metros de calado, possui 77,499 toneladas de arqueação bruta e tem capacidade máxima para 2200 hóspedes com 890 tripulantes. Disponibiliza 10 decks para passageiros, com 975 cabines, 603 com vista para o exterior e 372 interiores.

Como referência final, gostaríamos de salientar que o Oceana será o primeiro navio da P&O Cruises a visitar Ponta Delgada com a nova pintura na chaminé e proa. Estas alterações têm suscitado alguma controvérsia, especialmente a opção pela nova cor da chaminé em detrimento do tradicional amarelo torrado, embora também a Union Jack estilizada à proa não tenha merecido aprovação geral.

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA