ETE/ETF notifica Autoridade da Concorrência para aquisição do Terminal Multipurpose de Lisboa
O consórcio composto pelo Grupo ETE e pela ETF (do Grupo Sousa) venceu o concurso de concessão do Terminal Multipurpose de Lisboa (TML) e notificou agora a Autoridade da Concorrência sobre o objetivo de adquirir o controlo do Terminal. Recorde-se que a concessão está prevista durar até fevereiro de 2021.

O concurso foi lançado pela APL em agosto e prevê a concessão por um prazo de 72 meses prorrogáveis por um máximo de mais quatro anos (renovados anualmente) num total máximo de dez anos.

Cargonews online

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA