Portugal na presidência do Grupo dos Ministros dos Transportes do Mediterrâneo Ocidental

Portugal assumiu esta quarta-feira a presidência do Grupo dos Ministros dos Transportes do Mediterrâneo Ocidental até 2016, que reúne além de Portugal, Espanha, Itália, França, Malta, Marrocos, Tunísia, Argélia, Líbia e Mauritânia.

De resto, esta presidência assume uma maior importância tendo em conta que o nosso país passou de um saldo negativo para um superavit comercial com alguns dos países que compõem o Grupo, casos da Argélia, Marrocos, Tunísia, Líbia e Mauritânia.

Na 8ª Conferência de Ministros dos Transportes do Mediterrâneo Ocidental, que teve lugar na passada quarta, Pires de Lima salientou que as exportações portuguesas para os cinco países acima referidos passaram de 576 milhões de euros em 2009 para 1.502 milhões em 2013. No mesmo período, as importações com os países africanos em questão mantiveram-se na ordem dos 680 milhões de euros.

"O saldo da balança comercial com os cinco países passou de negativo de 111 milhões de euros para um superavit comercial de 825 milhões", enalteceu Pires de Lima, referindo que estes números são "o resultado da aposta política portuguesa, da diplomacia económica e da abertura que países amigos têm mostrado para as propostas de valor das empresas portuguesas". De resto, o governante salientou que esta zona do Mediterrâneo Ocidental "é a região do globo onde Portugal mais tem apostado na diplomacia política, económica e comercial".

Sérgio Monteiro também esteve na reunião e destacou as prioridades da presidência portuguesa: questões ligadas ao financiamento de projetos como a auto-estrada transmagrebina e a rede intermodal de infra-estruturas de transportes do Mediterrâneo Ocidental; disponibilidade de Portugal para partilhar know how relativamente aos riscos de concepção, construção e concessão de auto-estradas, assim como a sua experiência de cobrança electrónica de portagens.

Na ferrovia, Portugal oferece-se também para a gestão de riscos e para partilhar
experiência na área da sinalização e comunicação através da Refer Telecom. O mesmo tipo de ajuda será dada nos portos e na logística com a janela única.

Cargonews online

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA