Portos e rodovia em queda no 2T; ferrovia cresce
O relatório de outubro sobre 'Atividade dos Transportes' do INE foi divulgado e demonstra que, no segundo trimestre do ano, o movimento de mercadorias nos portos nacionais diminuiu face aos primeiros três meses do ano. A modalidade de transporte rodoviário também perdeu peso, enquanto que a ferrovia cresceu.

Assim, no segundo trimestre (2T), o movimento de mercadorias nos portos nacionais diminuiu 0,7%, isto depois de um crescimento de 5,2% no trimestre precedente. O declínio resultou "de uma redução de 12,3% no tráfego nacional, embora o movimento internacional tenha aumentado 1,4%", explica o INE.

Já "o peso das mercadorias movimentadas por veículos rodoviários pesados de matrícula nacional decresceu 2,7%, invertendo a tendência crescente verificada desde o segundo trimestre de 2013".

Quanto ao transporte de mercadorias por ferrovia, registou acréscimos de 8,6% em termos de toneladas (+20,3% no 1ºT14) e 13,5% relativamente a toneladas-quilómetro (+30,4% no 1ºT14).

Por fim, no transporte aéreo, os movimentos de aeronaves, passageiros e carga/correio aumentaram 7,4%, 11,4% e 6,8%, respetivamente (+3,3%, +6,5% e +3,4% no 1º T de 2014).

Cargonews online

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA