Governo ponderou incluir portos na fusão EP-REFER
O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, admitiu esta quinta-feira que o Governo colocou em cima da mesa a hipótese de juntar as administrações portuárias à fusão da Estradas de Portugal (EP) com a Refer.

O governante admitiu essa ponderação no debate parlamentar de urgência sobre a política de transportes solicitado pelo PCP, ao relembrar que “as decisões foram pensadas e discutidas até a nível europeu”. Sobre a fusão entre a EP e a REFER, salientou que o modelo já existe “com sucesso em diversos países do Norte da Europa, integrando até as administrações portuárias”.

“As administrações portuárias têm um papel fundamental no desenvolvimento das regiões onde se inserem e, por isso, entendemos que não deviam ser integradas na fusão [EP/Refer]”, salientou Sérgio Silva Monteiro.

Recorde-se que o Governo espera poupanças de 1.021 milhões de euros entre 2015 e 2019 com a fusão EP-REFER. A fusão, que originará a Infra-estruturas de Portugal, deve estar completa no início de 2015.

Cargonews on line

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA