Porto de Setúbal cresce 75% nos contentores
O Porto de Setúbal cresceu 75% no segmento de contentores, de janeiro a julho, face ao ano anterior, tendo movimentado 60,6 mil TEU, figurando como o porto português que mais cresceu. Foi neste quadro que o ministro a economia, Dr. António Pires de Lima, escolheu o Porto de Setúbal para anunciar os indicadores positivos da economia portuguesa.

O Ministro e respetiva comitiva verificaram in loco as características do Terminal de Contentores, tendo constatado a sua enorme dimensão (20ha, 725m de cais e 15m de fundos). O terminal tem uma vasta capacidade ainda disponível (a taxa de ocupação é de cerca de 20%) e tem possibilidade de expansão, até 4 km, com um investimento low cost. Este terminal serve a região de Lisboa e Espanha, até Madrid, para os tráfegos Shortsea Atlântico e África, podendo, com ligeiro investimento em equipamento, dar resposta à procura prevista no segmento Shortsea.

O crescimento do porto tem sido sustentado pelas atuais sete Linhas de Serviços Regulares: três quinzenais, que escalam portos da Europa, Mediterrâneo, África Ocidental e Angola; uma quinzenal, que escala portos do Norte da Europa, Le Havre, Antuérpia e Roterdão; uma a cada 10 dias, que liga Setúbal a todos os portos do Mediterrâneo, Norte de África e Médio Oriente; uma Con Ro, que serve o Mediterrâneo e África, incluindo Moçambique; e uma bissemanal, com ligações ao Norte da Europa, Dublin, Liverpool, Londres, Dunkirk e Roterdão.

É uma referência que se deve à qualidade de serviço, elevada produtividade do terminal de contentores e qualidade das linhas de armadores que escalam Setúbal para a África, Mediterrâneo e Norte da Europa.

NL APSS

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA