Tutela avança com apoio a armadores nacionais
O Executivo disponibilizou uma linha de apoio para os armadores nacionais destinada a atenuar os gastos com tripulações portuguesas ou comunitárias ao serviço de navios de comércio, de bandeira portuguesa de registo convencional e dos quais sejam proprietários.

O apoio, no total de 2 624 999 euros, vem na sequência de “orientações comunitárias sobre os auxílios estatais aos transportes marítimos adotadas pela Comissão Europeia a 17 de janeiro de 2004, que enquadram as políticas de auxílios aos transportes marítimos dos Estados-Membros, tendo em vista atenuar a falta de competitividade das frotas sob bandeiras de países da União Europeia no mercado mundial", refere o documento que lança o Projeto de “Investimento Estruturante na Marinha de Comércio promovido pela Tutela.

A verba a atribuir, retirada do Orçamento de Investimento para 2014, destina-se a subsidiar encargos sociais e fiscais com tripulações afetas a navios de comércio de registo convencional português, relativamente às despesas assumidas pelos armadores em 2013.

O Despacho n.º 10414/2014 foi publicado em Diário da República a 12 de Agosto.

NL APP

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA