José Luís Cacho: Resultados em Aveiro estão “em linha com os objetivos estabelecidos”
O porto de Aveiro alcançou um primeiro quadrimestre recorde mas a Administração Portuária local quer mais. Em declarações à CARGO, José Luís Cacho refere que os resultados estão dentro do previsto e antecipa um ano com crescimento na ordem dos 15/20%.

“Os resultados estão em linha com os objetivos que estavam estabelecidos pela APA”, referiu José Luís Cacho, admitindo porém que em Aveiro se tem registado um “crescimento acima do normal nos restantes portos”: “Estamos a crescer numa média entre os 15 e os 20% ao ano. No ano passado foi assim e este ano deveremos continuar com um crescimento nesta ordem de grandeza se os resultados que obtivemos no primeiro trimestre continuarem a aparecer”.

A vertente ferroviária ganha cada vez mais importância na movimentação de cargas no porto de Aveiro e o presidente da APA não deixou de vincar a sua relevância: “O crescimento nos resultados do porto tem sido alavancado pelo desenvolvimento do transporte ferroviário, nomeadamente nas cargas de exportação”.

Outro tema em cima da mesa passa pela intenção de fazer entrar no porto de Aveiro novos operadores na movimentação de contentores, acabando com o monopólio atual. Relembrando que o “monopólio é um problema sobre o qual a troika tem falado”, José Luís Cacho adiantou que “em Aveiro estamos a trabalhar para captar novos operadores e temos em perspetiva ter mais um ou dois operadores, em linha com a estratégia do Governo de aumentar a concorrência nos portos”.

Sobre o timing de entrada desses novos operadores, adiantou algumas novidades: “Estamos em fase de licenciamento a uma empresa e outra já manifestou interesse por isso vamos ver se conseguimos ter rapidamente novos operadores no porto de Aveiro”.

Cargonews online

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA