Sines sobe a número quatro no ranking ibérico
Com 36,5 milhões de toneladas movimentadas e um crescimento homólogo de 27,8%, Sines terminou o ano de 2013 no quarto lugar entre os maiores portos ibéricos.
 
De uma assentada, Sines ultrapassou Bilbau (que cresceu 2,2% para os 29,6 milhões de toneladas) e Huelva (que recuou 7,5% para os 26,4 milhões de toneladas).
 
À frente do porto alentejano mantêm-se os gigantes do país vizinho: Algeciras, com 85,6 milhões de toneladas movimentadas, Valência com 64,6 milhões e Barcelona com 41,4 milhões.
 
No ano passado, Sines foi, de muito longe, o porto que mais cresceu na Península. Aliás, de um modo geral, a performance relativa dos portos nacionais superou largamente a dos seus congéneres do lado de lá da fronteira.
 
Olhando apenas para os principais players ibéricos, os 27,8% de crescimento conseguidos por Sines deixam a “anos luz” os ganhos de 2,3% de Algeciras e de 2,2% de Bilbau. Sendo que, como se disse, Huelva perdeu 7,5%. Valência recuou 1,7% e Barcelona ficou praticamente a zeros.
 
Na movimentação de contentores, Sines subiu ao quinto lugar ibérico, por troca com Bilbau e ficou muito próximo do quarto posto, que permaneceu de Las Palmas.
 
O Terminal XXI cresceu 68%, para cima dos 931 mil TEU, ao passo que Bilbau cedeu 0,5% para cerca dos 607 mil TEU e Las Palmas caiu 15,8% para o milhão de TEU.
 
Algeciras retomou a liderança na Península, com um crescimento de 5,5% para os 4,34 milhões de TEU, superando Valência, que perdeu 3,2% para os 4,33 milhões de TEU. No terceiro lugar do ranking, Barcelona movimentou 1,72 milhões de TEU (menos 1,8%).

T&N

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA