Segundo Pórtico Panamax em Leixões
O segundo pórtico de cais STS (Ship To Shore), reconvertido pela Eurocrane no porto de Leixões à categoria de Panamax, entrou ao serviço no passado dia 20 de Novembro, vindo ao somar-se ao pórtico Panamax Twin-lift Eurocrane que entrou ao serviço em Agosto deste ano, como então aqui demos conta.
Com esta unidade 100% operacional, o TCL passa a dispor de cinco pórticos STS, sendo dois Panamax, e onze pórticos de parque RMG (Rail Mounted Gantry).
Graças ao desempenho das máquinas e aos excelentes serviços de manutenção da empresa dirigida por Lopo Feijó, os terminais de contentores de Leixões têm elevados índices de produtividade a nível europeu, com 32,7 movimentos por hora como média anual, e baixíssimas taxas de indisponibilidade dos equipamentos. Em 2007 a revista portstrategy titulava um artigo sobre os terminais de Leixões com a frase Productivity Portuguese-style. Esta produtividade dos terminais de Leixões é duplamente portuguesa porque se deve à gestão portuguesa da TCL e ao desempenho das 16 máquinas de que dispõe, todas elas produzidas pela indústria nacional.

CoN 497

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA