PORTOS DO ALGARVE crescem em todos os sectores de actividade
Os Portos do Algarve registaram um crescimento em todos os seus sectores de actividade, nomeadamente ao nível das cargas no Porto de Faro e no turismo de cruzeiros nos Portos de Portimão e de Vila Real de Santo António, reforçando assim o seu contributo às exportações do país.

Para o Porto de Faro, este foi, sem dúvida, um dos melhores anos de sempre em movimentação de carga, registando-se um crescimento de 32% face a 2012 e passando-se das 278.610 toneladas para as 368.005 toneladas movimentadas. A principal carga continuou a ser o cimento produzido na Cimpor, em Loulé, e exportado para Cabo Verde e para o Norte de África, principalmente para a Argélia. Para além deste, foram igualmente movimentados o atum, oriundo das armações off-shore ao largo de Faro e Olhão e cujo destino de consumo é o Japão, e a carga de pedra, ferro, aço e telha.

Ao nível do Turismo de Cruzeiros, o Porto de Vila Real de Santo António recebeu 19 escalas de um navio de cruzeiros fluvio-costeiro que, entre maio e outubro, realizou um itinerário semanal com partida de Sevilha, subindo o Rio Guadiana até ao Pomarão, passando por Alcoutim. Este navio transportou 2.605 passageiros, correspondendo a um acréscimo de 18,75% face a 2012.

O Porto de Portimão tornou a crescer em 2013, quer em número de passageiros, quer em número de escalas, tendo registado um incremento de 8,83% em número de passageiros, passando dos 18.506 passageiros em 2012 para os 20.141 em 2013, e 16,67% em número de escalas, passando das 36 escalas para as 42, respectivamente.

As perspectivas para 2014 são, em termos gerais para os três portos da região, positivas e deixam antever um ano de grande dinâmica de actividade portuária.

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA