Porto de Sines celebra protocolo de cooperação com porto da Nacala
A Administração do Porto de Sines assinou no dia 13 de Novembro de 2008, um protocolo de cooperação com o “Corredor de Desenvolvimento do Norte, SARL”, entidade responsável pela Gestão do Porto de Nacala.
A delegação de Moçambique foi constituída por Fernando Couto, Administrador, Agostinho Langa, Director Executivo do Porto de Nacala, Manuel Macopa, Director Executivo da Ferrovia, Sérgio Paunde e Leonilde Bazar, respectivamente, Director dos Recursos Humanos e Assessora Jurídica daquela empresa moçambicana.
O protocolo contempla um conjunto de áreas de cooperação, tendo sido dada prioridade ao intercâmbio de informação técnica e à transferência de tecnologia, incluindo acções de melhoramento dos sistemas do Porto de Nacala, bem como à realização de estágios de carácter técnico, o primeiro dos quais já a decorrer e frequentado por uma jurista moçambicana no Porto de Sines.
O Corredor de Desenvolvimento do Norte de Moçambique assume uma elevada importância estratégica para o desenvolvimento do País e para toda a zona de África onde se insere, tendo como pilares o Porto de Nacala e os sistemas Ferroviários do Norte de Moçambique e do Malawi.
Por outro lado, o Porto de Nacala é, de forma idêntica a Sines, um porto de águas profundas, através do qual se movimenta, na sua área de abrangência, um vasto conjunto de produtos, destacando-se o chá, o milho, o tabaco, o trigo e o açúcar, a produção de madeira para exportação, a indústria da pesca e recursos minerais que incluem ferro e seus derivados, carvão e mármore.
Este Protocolo constitui uma acção da maior importância para o estreitamento de relações entre o Porto de Sines e uma das zonas de maior potencial de desenvolvimento de Moçambique, na qual o Porto de Nacala assume um papel fulcral e dinamizador do potencial de desenvolvimento para o Norte de Moçambique.

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA