Porto de Lisboa cresceu 12% nos granéis sólidos durante o primeiro trimestre
O porto de Lisboa movimentou 2.863.000 toneladas no primeiro trimestre do ano, um valor considerado positivo face ao contexto económico atual e que mostra sinais de recuperação na movimentação, depois do período de greve na segunda metade do ano passado.

Entre os vários tipos de mercadoria, destaque para os granéis sólidos que cresceram 12% face a período homólogo de 2012 (período ainda sem greves, recorde-se), num total de movimentação de 130 mil toneladas.

Para este crescimento contribuiu, de forma significativa, a movimentação de granéis agro-alimentares, carga considerada estratégica para o porto de Lisboa. Com efeito, e apesar do atual contexto de crise económica europeia e da diminuição da procura interna, o porto de Lisboa continua a contribuir positivamente para o abastecimento e sustentabilidade da indústria alimentar nacional, dispondo de condições ímpares no país para a movimentação e armazenagem de cereais.

No que diz respeito às restantes cargas, o porto da capital já recuperou uma parte significativa da movimentação afetada pelas greves laborais, ocorridas no último quadrimestre de 2012.

NL APP

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA