Nos últimos três trimestres de 2012, o tráfego marítimo registado no Cana do Suez foi negativo, quan
O início de 2013 mantém a tendência, o que demonstra o impacto que a crise económica tem tido nas regiões escaladas por frotas que utilizam as rotas que passam por este importante canal. O Canal do Suez é fundamental para o tráfego marítimo entre a Ásia, o Mediterrâneo, Norte da Europa e na parte oriental das Américas.
Os tumultos e protestos que têm ocorrido nas últimas semanas no Egito não tiveram impacto na atividade do canal marítimo, que continuou a operar  regularmente.
Em janeiro, o canal foi atravessado por um total de 1311 navios (267 petroleiros e 1044 outros navios), uma redução de 15,9% em relação aos 1559 navios que fizeram a rota em janeiro de 2012.  Em relação à carga, no mês passado, foram transportadas 58,2 milhões de toneladas, menos 12,0% que as 66,2 milhões de toneladas registadas em janeiro de 2012. As cargas transportadas por navios em trânsito no sentido norte-sul totalizaram 29,8 milhões de toneladas (-16,9%) e as transportadas na direção sul-norte atingiram 28,4 milhões de toneladas (-6,3%).

Cargonews 21.02.13

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA