Porto de Lisboa com resultado líquido de dez milhões
A Administração do Porto de Lisboa (APL) registou um resultado líquido recorde de dez milhões de euros em 2011, segundo o Relatório e Contas de 2011 aprovado pela Assembleia-Geral no dia 18 de junho. Em comunicado, a APL refere o resultado foi alcançado não obstante um “enquadramento macroeconómico pouco favorável” no ano passado, dando continuidade ao “ciclo de resultados positivos”.
Para tal contribuiu o incremento na sua atividade, sendo de realçar, na movimentação de carga, o aumento da carga contentorizada em 8,4 por cento (relativamente a 2010) e, no que se refere aos cruzeiros, a ultrapassagem da marca do meio milhão de passageiros que visitaram o Porto de Lisboa (mais 12,1 por cento de passageiros que em 2010). É de notar o aumento de 35,3 por cento no tráfego fluvial de mercadorias, afastando das estradas mais cerca de 82 mil toneladas.
O porto de Lisboa reivindica a liderança nacional na receção de navios de cruzeiros e na movimentação de contentores, assim como de granéis sólidos. Em termos de custos, a APL refere que ultrapassou o objetivo de redução em 15 por cento, entre 2009 e 2011, dos gastos em fornecimentos e serviços externos e com o pessoal.
A Assembleia-Geral da APL também aprovou o Plano de Atividades 2012-2014 que prevê a concentração da atividade nas suas funções core, o escalonar dos investimentos privilegiando as componentes estratégicas, o desenvolvimento de estruturas de financiamento que permitam reduzir ao mínimo o esforço da componente pública, a promoção de novos negócios para obtenção de novas receitas e a manutenção da política de redução de gastos operacionais.

Transportes em Revista

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA