Governo não aceita modelo proposto pela Troika
O Governo não irá implementar o modelo de governação dos Portos, proposto pela Troika, baseado num modelo de empresa única e com diversas coligações repartidas pelas várias administrações portuárias. Em declarações à Transportes em Revista, à margem da entrega dos prémios “Acessibilidades aos Transportes”, promovido pelo IMTT, o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, referiu que «estamos a aprofundar as discussões porque entendemos que ainda não é o momento desse modelo ser implementado». O governante não quis adiantar qual será o modelo escolhido e se este já foi apresentado à Troika, adiantando apenas que «estão a existir conversações» e que «haverá novidades em breve sobre esse tema, na revisão que será pública do memorando de entendimento». Em relação às declarações de algumas entidades, que têm criticado uma possível fusão dos portos, Sérgio Monteiro avançou que «toda a gente fala daquilo que não sabe. Vamos esperar até que existam decisões e então aí aceito todos os comentários. Não aceito é comentários a projetos de decisão que cada um idealiza da forma que melhor entende, mas que verdadeiramente não conhece».

Transportes em Revista 1-6-12

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA