Porto de Leixões tem capacidade para reduzir o custo da operação
Em 2011, o Porto de Leixões cresceu significativamente (mais de 12%), movimentando cerca de 16,4 milhões de toneladas de mercadorias. As exportações aumentaram bastante (mais 34%), com destaque para os destinos fora da União Europeia (mais 5 1%), o que tornou 2011 o melhor ano de sempre para Leixões.

Angola foi um dos mercados de destino que mais contribuíram para o aumento das exportações, com um crescimento significativo no ferro/aço e nas bebidas, reforçando, deste modo, a posição de Leixões como principal porto exportador para aquele país e o maior porto exportador do país.

Para além de Angola, destacam-se ainda os Estados Unidos, a Argentina e Marrocos como principais países de destino das mercadorias exportadas a partir de Leixões. O porto também atingiu um novo máximo na movimentação de contentores, ultrapassando os 327 mil, correspondendo a mais de 514 mil TEU (medida standard internacional de contabilização do volume de um contentor de carga).

NL APP

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA