Leixões «liberaliza» trabalho portuário e serve de guia no cumprimento da troika
Os concessionános do Porto de Leixões e o sindicato dos trabalhadores portuários acordaram um novo Contrato Colectivo de Trabalho, que fixa o número e os direitos dos trabalhadores mais antigos e flexibiliza as novas contratações.
"É uma excelente solução, inédita no País, que há muito era desejada por todos. Defende os direitos dos trabalhadores designados como históricos , integrados em 1993, e dos restantes, para os quais foi instituído um novo regime" , afirmou à Lusa João Valença, representante da Associação dos Operadores Portuários dos Portos do Douro e Leixões.~

Cargo news 430

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA