Terminal intermodal do porto de Aveiro vai custar 5,7 milhões
No final de 2013 o Porto de Aveiro poderá ser escalado por navios até 200 metros de comprimento, e contará já com um terminal intermodal, custo estimado de 5,7 milhões de euros.
“O porto de Aveiro será em 2015 um dos mais dinâmicos e competitivos portos da faixa Atlântica da Península Ibérica no transporte de curta e média distância, e possuirá um amplo pólo de desenvolvimento logístico e industrial", refere Luís Cacho ao "Diário Económico".
Ainda de acordo com o presidente do conselho de administração do porto de Aveiro, “a componente que se encontra em fase mais avançada de execução é a construção do terminal intermodal, apontando-se, conforme o seu projecto técnico, para um montante de investimento estimado de 5,7 milhões de euros, verba que poderá ser comparticipada pelo Fundo de Coesão".
Para Luís Cacho esta é uma obra fundamental para o desenvolvimento sustentado do porto, na medida em que lhe conferirá capacidade para responder ao aumento da dimensão média dos navios que operam no mercado. Assim, no final do investimento, em Dezembro de 2013, o porto passará a poder ser escalado por navios até nove metros de calado e 200 metros de comprimento.

Visão estratégica mantém-se

Na opinião de Luís Cacho, a “visão estratégica definida para o horizonte de 2015 mantêm-se actualmente válida, dada a manutenção das suas vantagens competitivas comparativamente com outros portos da faixa Atlântica”. Justifica esta situação devido à “elevada capacidade de acostagem do porto, com ligações ‘inland’ (rodoviárias e ferroviárias) excelentes e uma localização estratégica para podermos servir com eficiência o mercado de Castela e Leão e sermos uma porta de entrada competitiva para a Europa”.
Assim os investimentos previstos no plano de expansão e desenvolvimento do Porto de Aveiro, iniciados em 2000, estão na sua recta final. Incluem a melhoria do acesso marítimo, “que está em curso e não corre riscos na sua execução”, e que permitirão o reforço das condições de atractividade de investimento privado, salienta o responsável.
No ano de 2011, o Porto de Aveiro registou uma movimentação de mercadorias de 3,3 milhões de toneladas, que comparativamente com 2010, ano em que o porto registou um tráfego recorde ao atingir 3,7 milhões de toneladas, significou uma variação negativa do seu tráfego em 12%. Contudo, “a não consolidação no ano de 2011 do nível de tráfego alcançado em 2010 deveu-se em grande parte pela não capacidade do porto em acompanhar a mudança dos mercados de importação de produtos metalúrgicos e de produtos agroalimentares, que fruto da alteração do seu pais de origem para países mais longínquos, passaram a utilizar navios de maior dimensão, ainda não possíveis de fazer escala no porto”, adverte o responsável.

Newsletter APP

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA