Governo mexe nos portos e carga até ao final do primeiro semestre
O secretário de Estado das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Sérgio Silva Monteiro, revelou à Antena1 que o Executivo quer acabar com as taxas fixas pagas para entrar nos portos portugueses.
 “O Governo pretende criar um regime de taxas mais flexível, que tenha menos custos fixos e mais custos variáveis em função das cargas movimentadas no sentido de aumentar a competitividade e a atratividade dos nossos portos”, explicou.
 "Hoje temos a consciência que a taxa fixa dos nossos portos são muito elevada. Queremos olhar para os contratos de concessão existentes e o regime de taxas, e procurar adaptá-lo à moderna gestão, que é mais virada para a competitividade e para a movimentação de carga e não tanto para os custos fixos, que retiram competitividade aos nossos portos”.
 Questionado sobre o momento em que tal intenção será aplicada, o governante retorquiu: “Esperamos ter tudo resolvido até ao fim do primeiro semestre, quer a questão portuária quer o regime de trabalho portuário e também ao regime de remuneração da carga e da movimentação nos nossos portos.

Cargo news online 1184

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA