Governo vai investir 2,5 mil milhões nos portos
O Governo pretende investir 2.455,15 milhões de euros em diversas infra-estruturas nos cinco maiores portos nacionais. O Económico apurou que grande parte deste esforço financeiro será aplicado na construção de três novos terminais de contentores nos portos de Lisboa, Leixões e Sines.
No porto de Lisboa, está previsto um investimento de cerca de 500 milhões de euros num terminal de contentores na Trafaria, com fundos de 16,5 metros e potencial movimentação anual até dois milhões de TEUS (unidade equivalente a contentores com 20 pés de comprimento).
O projecto visa resolver o imbróglio criado com a prorrogação do prazo de concessão do terminal de Alcântara, que foi suspensa pela anterior Assembleia da República, e terá um prazo de execução de cinco anos.
No porto de Sines, está também previsto lançar um novo terminal de contentores, designado Vasco da Gama, com recurso a um concurso público que encontre um operador privado para o efeito. O processo será lançado entre 2013 e 2022, por um prazo de concessão de 30 anos. O investimento previsto é de 941 milhões de euros, sendo 705 milhões da responsabilidade do futuro operador privado.
O novo terminal de contentores de Sines terá uma capacidade de movimentação anual de 4,5 milhões de TEUS.
Também no porto de Leixões, o Governo pretende construir um novo terminal de contentores, com fundos de 14 metros. O investimento deverá ascender a cerca de 160 milhões de euros, com financiamento parcial do BEI - Banco Europeu de Investimento e RTE-E - Rede Transeuropeia de Transportes.
O projecto encontra-se em fase de estudo e prevê-se o arranque da empreitada para 2014. O reforço das ligações do porto de Leixões com o Atlântico Sul é uma das metas.

NL APP 292

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA