Porto de Lisboa registou corte nos custos e aumento de lucros no primeiro semestre
Entre janeiro e junho de 2011, a APL cortou 2,1 milhões de euros (14,6%) nos custos operacionais, segundo se pode constatar num comunicado emitido pela entidade. O comunicado não adianta os números da evolução das receitas mas refere o “bom desempenho operacional, tanto em carga como nos cruzeiros”.
Nos primeiros cinco meses do ano, os dados mais recentes conhecidos, o movimento de cargas aumentou 6% em termos homólogos. Nos cruzeiros, o saldo do semestre foi de um aumento de 35% nos passageiros.
Em consequência, no final do primeiro semestre o porto de Lisboa registava um lucro de 3,4 milhões de euros, que comparava com os 1,6 milhões de há um ano e com as perdas de 194 mil euros da primeira metade de 2009. No final de 2010 a APL atingiu um lucro de 741 mil euros.
 Ainda no primeiro semestre, a “senhoria” do porto de Lisboa investiu 6,5 milhões de euros e conseguiu reduzir em 8,6 milhões de euros o passivo remunerado (um corte de 5,9% num total de cerca de 145 milhões de euros).

Cargo news 1034

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA