Portos dos Açores concentrados numa única empresa
O Parlamento dos Açores aprovou por maioria a proposta do Governo regional de fusão das quatro empresas públicas de gestão dos portos da região autónoma na Portos dos Açores, S.A..

A fusão dita a extinção da Administração dos Portos do Triângulo e Grupo Ocidental, da Administração dos Portos da Terceira e Graciosa e da Administração dos Portos das Ilhas de São Miguel e Santa Maria. A holding Portos dos Açores, SGPS, que detinha a 100% as três administrações portuárias, é também extinta.

No seu lugar surgirá a Portos dos Açores, S.A., com apenas três administradores, que ficarão responsáveis pela aplicação da política portuária regional (competência até aqui da holding) e pela gestão de cada um dos portos (competências que eram das diferentes administrações portuárias).

A proposta do Executivo de Carlos César foi justificada pela necessidade de simplificar, racionalizar e agilizar a gestão dos portos da região.

As poupanças imediatas decorrentes da fusão estão calculadas em cerca de 2,2 milhões de euros anuais. Dos quais cerca de 540 mil euros respeitam às remunerações dos oito administradores que serão agora dispensados.

APP - 199

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA