A. Felício defende dois subsistemas portuários: Norte e Sul
"Em termos sociológicos e de mercado penso que havia todo o interesse em considerar duas áreas diferentes de mercado: O subsistema Norte e o subsistema Sul". A ideia foi proposta pelo Prof. José Augusto Felício numa conferência promovida pela ADFERSIT que debateu o "Modelo de Governação dos Portos".

No evento levado a cabo no Hotel Sofitel, em Lisboa, o Professor Felício defendeu ainda a importância de "ter uma entidade reguladora que não se meta nos negócios, mas que seja realmente reguladora", sugerindo que tal papel deveria ficar a cargo do IPTM, que articularia os dois subsistemas. José Augusto Felício vincou, ainda, que a possível competição entre os dois subsistemas não só não seria negativa para a sua eficiência como ajudaria a criar uma "massa crítica" no sector.

O professor do ISEG apresentou um projeto bem fundamentado onde deu ainda a conhecer a sua proposta para a constituição do Conselho de Administração de cada um dos subsistemas: "No conselho de administração seriam suficientes três executivos - sendo um deles o presidente -, e dois não executivos, a representar os dois subsistemas"

Antes de apresentar a sua proposta de modelo de governação dos portos para aumentar a competitividade dos portos portugueses e responder às necessidades das empresas e do País, Augusto Felício fez uma breve retrospetiva do modelo de governação atual nos portos nacionais, defendendo que estes "devem ter uma determinada vocação, assumindo uma complementariedade entre eles".
"Há que ter em conta que somos um pequeno mercado, cujos recursos escassos exigem concentração e seletividade de investimentos", acrescentou o professor, enaltecendo ainda a importância da integração dos portos em cadeias logísticas.

Cargo News 944

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA