Porto de Viana do Castelo melhora a acessibilidade marítima
Recentemente realizaram-se três operações de dragagem com vista à reposição das condições de acesso e manobra dos navios, em conformidade com os padrões de segurança e operacionalidade exigíveis no porto de Viana do Castelo.
No total foi dragado um volume de 660.000 m3, a que corresponde um investimento global de aproximadamente 1,8 milhões de euros, correspondente às seguintes intervenções: uma dragagem de emergência na zona da barra, em 2009, com o volume de 100 000 m3; uma dragagem na zona da barra, no inicio de 2010, com o volume de 200 000 m3; e uma dragagem na barra, canal de acesso e bacias, no final de 2010, com o volume de 360 000 m3.
É de salientar que um dos principais problemas a resolver em Viana do Castelo era o da acessibilidade marítima que se encontrava, no início de 2009, muito condicionada pela ausência, longa e continuada, de operações de dragagem. Estas dragagens de que aqui damos conta, primeiro de emergência e, depois, de manutenção, permitem, segundo a administração do porto da foz do Lima, "assegurar estarem repostas as condições de acesso marítimo e de manobra em condições de segurança".

Cargo News 923

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA