Maersk Line encara construir navios de 18.000 teu
De acordo com informações (ainda) não confirmadas da imprensa coreana, a Maersk Line está prestes a colocar uma grande encomenda à Daewoo Shipbuilding. A surpresa é a magnitude destes navios - segundo alguns observadores, a Maersk pretende encomendar porta-contentores de 18.000 teu.
A AP Moller-Maersk está prestes a investir cerca de 4 mil milhões de dólares na aquisição de 20 novos navios porta-contentores, de acordo com diversas fontes. Cada navio custará na ordem dos 200 milhões de dólares e será capaz de transportar até 18.000 teu, uma dimensão que até hoje não foi atingida. O maior navio porta-contentores da atualidade leva entre 14 000 a 15 000 teu.
A confirmar-se esta encomenda, a Maersk volta a liderar a expansão de escala no transporte marítimo de contentores. Com os navios da classe Emma (foto), o armamento foi o primeiro a chegar à capacidade de 13.000 teu .
Os navios com capacidade de 18.000 teu já estão sobre os estiradores dos engenheiros navais e um porta-voz da Germanischer Lloyd confirmou que esses navios serão em breve uma realidade.
O novo gigante dos mares seria mais longo e mais largo que o Emma Maersk, de 397 metros de comprimento e 56,4 metros de largura. Isto significa que terá de ser projetada uma nova geração de pórticos de cais com uma amplitude de mais de 22 linhas de contentores. E, eventualmente, originar uma nova corrida ao aprofundamento dos calados admissíveis dos grandes portos mundiais.

Cargo news 870

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA