Greve nos Portos espanhóis: IDC quer impedir desvio de carga para os Portos portugueses

Aprovado o Real Decreto Ley que traz a reforma da estiva no sistema portuário espanhol, contra a vontade dos sindicatos, eis que surge uma resposta concertada a nível internacional - o IDC (International Dockworkers Council) prepara-se para anunciar medidas que impeçam que Portos portugueses, marroquinos ou franceses possam receber cargas desviadas dos Portos espanhóis durante a greve.

O IDC pretende assim evitar que Portos vizinhos, como os de Sines, Leixões ou Lisboa em Portugal, ou os de Tanger Med (Marrocos) e Marselha (França) possam ser alternativas a cargas que não possam ser operadas nos Portos espanhóis durante a greve.

Por outro lado, o IDC prepara-se ainda para convocar um dia de greves em Portos de todo o mundo (dia 10 de Março), como medida solidária para com os estivadores espanhóis. A greve nos Portos espanhóis, agora que o diálogo foi novamente interrompido, deve começar já no próximo dia 6 de Março.

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA