Governo voltará a separar gestão do Porto de Sines da gestão dos Portos do Algarve

O Executivo vai reverter a fusão das administrações dos Portos de Sines e do Algarve, uma medida que tinha sido levada a cabo pelo anterior Governo - a intenção de separar as administrações deverá ser, segundo avança o jornal 'Público', anunciada amanhã, pela voz da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, em Portimão.

Saliente-se que esta sexta-feira será apresentado, em Portimão, o protocolo 'Portos do Algarve', pela Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e pelo Ministro Adjunto, Eduardo Cabrita.

Esta decisão de reverter a fusão chega no seguimento de um difícil contexto vivido pelos portos de Portimão e Faro - recorde-se que, como já havia sublinhado João Franco, anterior presidente da APS, o Porto de Faro é totalmente dependente da actividade da cimenteira de Loulé, que se encontra em progressiva redução de produção. Já as dificuldades do Porto de Portimão passam por uma carência infra-estrutural que não terá retorno financeiro pela simples exploração do negócio dos cruzeiros.

A deslocação a Portimão servirá o intento de, segundo avança o jornal 'Público', revelar oficialmente a separação das duas administrações e também de anunciar potenciais planos/soluções para o futuro dos portos de Portimão e Faro, ambos a braços com extremas dificuldades estruturais. Recorde-se que ambos constituem apenas 0,5% do volume de negócios da Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APS).

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA