CONCESSÕES RENDEM 35 MILHÕES DE EUROS ÀS ADMINISTRAÇÕES PORTUÁRIAS NO 1.º SEMESTRE DE 2016


Os dados recolhidos pela UTAP (Unidade Técnica de Acompanhamento de Projectos), disponibilizados no final de Novembro, revelam que as concessões portuárias dos portos do Continente permitiram um encaixe de 35.194 milhões de euros, pagos pelas empresas concessionárias, durante os primeiros seis meses de 2016. Um valor que traduz uma descida de 2% face ao mesmo período de 2015 e que perfaz 51% das verbas previstas a pagar durante 2016.

Assim, dos expectáveis 69.352 milhões de euros a serem pagos pelas empresas concessionárias às administrações portuárias, foram, durante o primeiro semestre de 2016, pagos 51% dessa quantia, com a APDL a liderar no volume do montante recebido, 14.992 milhões de euros, de um total previsível de 26.925 milhões até final do ano (estando assim executado 56% do previsto). À APDL segue-se a APS, que recebeu 9,195 milhões de euros (46% executados nos primeiros 6 meses do ano).

Com 49% das verbas já executadas no primeiro semestre de 2016, o Porto de Lisboa sofreu uma descida de 17% face ao período homólogo, recebendo 7,377 milhões de euros das concessionárias. Com os mesmos 49% executados, a APSS recebeu no primeiro semestre 3,375 milhões de euros (uma subida de 6% face ao mesmo período de 2015). Aveiro registou uma subida de 20% face a 2015, recebendo a APA 254 milhões (54% da verba expectável no final de 2016).

Analisando o quadro da UTAP, referente às receitas da administração portuária por concessão no 2.º trimestre de 2016, verifica-se que o Terminal de Contentores de Leixões, empresa concessionária da movimentação de contentores no Porto de Leixões, é quem mais paga à administração portuária: no primeiro semestre, dispendeu 9,427 milhões de euros (60% do previsto para 2016), mais 13% que no mesmo período de 2015. A PSA Sines (Terminal XXI) pagou 2,149 milhões enquanto que no Porto de Lisboa a Sotagus pagou 2044 e a Liscont 1028.

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA