Nova geração dos Triple-E da Maersk pode afinal chegar à marca dos 20 mil TEU

Uma segunda geração do modelo Triple-E da Maersk está a ser construída e deverá marcar a chegada dos primeiros navios porta-contentores com capacidade para 20 mil TEU's. Quem o diz é a Alphaliner, relativamente a um conjunto de 11 navios encomendados pela Maersk Line que estão já em construção e que serão entregues entre abril de 2017 e maio de 2018.

A Alphaliner avança a previsão com base em fotografias (ver foto) tiradas aos primeiros navios dos 11 que estão a ser construídos para a Maersk Line em estaleiros navais na Coreia do Sul (na Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering - DSME) - com base nas imagens recolhidas, a consultora antevê que os novos Triple-E tenham capacidade acima dos 19.630 TEU que tinha previsto para esta nova geração.

«As primeiras imagens dos estaleiros sugerem que a Maersk Line terá modificado de forma significativa o design dos navios para aumentar ainda mais a capacidade», refere a Alphaliner.

Os novos Triple-E deverão assim ser manifestamente maiores que os anteriores, que tinham capacidade para 18.340 TEU.

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA