PORTO DE LISBOA CRESCE 34% EM GRANÉIS ALIMENTARES


O Porto de Lisboa registou, no mês de Junho, um crescimento de 34% na movimentação de granéis sólidos alimentares, face ao período homólogo de 2015.

 Contribuíram para este crescimento o Terminal de Granéis Alimentares do Beato (Silopor), o Terminal Multiusos do Beato (Grupo TMB), o Terminal Multiusos do Poço do Bispo (Grupo ETE), e o Terminal de Granéis Alimentares de Palença (Sovena).

O Porto de Lisboa vem, assim, reforçar o seu importante papel na cadeia logística da indústria agroalimentar nacional face às suas condições ímpares para a movimentação e armazenagem de cereais.

Importa destacar o contributo estratégico do centro de Moagem da Nacional (localizado no Beato) do Grupo Cerealis - líder nacional no setor das massas alimentícias e farinhas industriais – que tem procurado obter vantagens logísticas competitivas face à sua proximidade física ao porto, contribuindo para o crescimento das importações de trigo e exportações de produtos agroalimentares pelo Porto de Lisboa.

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA