Ministra do Mar irá reunir com a administração do Porto de Sines para abordar expansão do Terminal X

A importância do dossier é vital para o contexto maritimo-portuário português e para o progresso contínuo da infra-estrutura portuária de Sines, por isso, a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, garantiu que nada será deixado ao acaso no que toca à desejada expansão do Terminal XXI. Durante a inauguração da fábrica da Friopuerto, na Zona de Actividades Logísticas de Sines, a ministra afirmou que irá, nos próximos dias, reunir com a administração do porto de Sines, com vista à resolução do dossier.

"Cabe às administrações portuárias a gestão dos portos e são elas que são responsáveis perante a tutela por fazerem os estudos e prepararem propostas de decisão por parte da tutela" declarou Ana Paula Vitorino, revelando que pretende colocar um ponto final no modelo que dá às comissões externas poder de decisão em matéria de portos.

A ministra reafirmou ainda a necessidade prévia, para lá de qualquer dúvida razoável, demonstrar a pertinência efectiva da ampliação do Terminal XXI em termos económicos e financeiros: "Precisamos de ter a demonstração económico-financeira da necessidade da ampliação, o que é evidente, e temos de ter o parecer jurídico para fundamentar que essa ampliação pode ser feita por renegociação com o concessionário". A expectativa de Ana Paula Vitorino  é a de que, "até ao final do primeiro semestre deste ano sejam tomadas todas as decisões em matéria de ampliação das capacidades portuárias".

© APIBARRA 2007 - Todos os direitos reservados   |   Produzido por ETNAGA